O meu ponto de vista

Julho 21 2019

Anda pela blogosfera uma crise de identidade. Poucos são aqueles que, de repente, não se atrevem a dar palpites sobre a revisão da carreira docente. Há hipóteses para todos os gostos e os respectivos comentários vão do insulto gratuito ao hilariante.

Engraçado ou nem tanto, é que isso não está na agenda partidária. Isto apesar de compreender a intenção de alguns dos promotores: influenciar os programas partidários e consequente discussão em campanha eleitoral.

Ora, que se saiba os programas dos principais partidos já estão concluídos. Aliás, o do PS, o qual irá, segundo todas as sondagens, liderar o próximo governo, já foi apresentado e, sobre esta temática, nem uma vírgula, quanto mais uma palavra.

Será que, neste momento, não existem outros assuntos que preocupem os professores? Caramba, ainda não estamos verdadeiramente em silly season!

publicado por Hernani de J. Pereira às 22:35

Março 26 2019

No próximo dia 16 de Abril o PSD vai apresentar no Parlamento uma proposta sobre a progressão da carreira docente. Rui Rio defende que se deve contar todo o tempo de serviço e que os sete anos em falta na proposta do Executivo sejam contabilizados num “misto de dinheiro no eixo do tempo e de antecipação do tempo de reforma”.

Eis uma proposta sensata e que venho de fendendo há muito tempo. Vai ao encontro dos justos interesses dos professores que ainda se encontram longe da reforma, pois o tempo, caso queiram, ser-lhes-á contado para a progressão, unindo também as rectas conveniências daqueles que se encontram no 9º e 10 escalão, pois poderão aceder à aposentação mais cedo, rejuvenescendo, deste modo, os quadros docentes das escolas.

Aguardamos, agora, as posições do PCP e BE. Esperamos que não “borrem” a escrita.

publicado por Hernani de J. Pereira às 21:10

Março 19 2019

Finalmente foi publicada a legislação relativa à recuperação do tempo de serviço dos docentes. Refiro-me ao Decreto-Lei 36/2019, dado à estampa no dia 15 p.p. Este diploma, considerado inconstitucional, como já foi amplamente demonstrado, só não vendo quem não quer ver, a determinada altura diz que os 2 anos, 9 meses e 18 dias serão contabilizados no momento da progressão ao escalão seguinte, o que implica que todos os docentes verão reconhecido esse tempo, em função do normal desenvolvimento da respetiva carreira. Com efeito, à medida que os docentes progridam ao próximo escalão após a entrada em vigor do presente decreto-lei, ser-lhes-á contabilizado o tempo de serviço a recuperar, pelo que a posição relativa na carreira fica assegurada. (Sublinhado meu)

Ora, o referido texto, fazendo parte integrante da introdução daquela lei, é uma redonda e total mentira. Por exemplo, os professores que se encontram no nono e décimo escalão não usufruem absolutamente de nada. O aludido decreto, no que respeita aos milhares de docentes nestas condições é perfeitamente inócuo, nada lhes dizendo.

Uma perfeita e completa injustiça, tanto mais que os aludidos professores também sofreram na pele o congelamento das suas carreiras.

De outros males aquele também enferma, mas isso fica para outra crónica.

publicado por Hernani de J. Pereira às 19:07

Dezembro 26 2018

images.jpg

O Presidente da República acabou de vetar o diploma que prevê recuperação parcial do tempo de serviço de professores, argumentando que “a Lei do Orçamento do Estado para 2019, que entra em vigor no dia 1 de janeiro, prevê, no seu artigo 17.º, que a matéria constante do presente diploma seja objeto de processo negocial sindical. Assim sendo, e porque anteriores passos negociais foram dados antes da aludida entrada em vigor, remeto, sem promulgação, nos termos do artigo 136.º, n.º 4 da Constituição, o diploma do Governo que mitiga os efeitos do congelamento ocorrido entre 2011 e 2017 na carreira docente, para que seja dado efetivo cumprimento ao disposto no citado artigo 17.º, a partir do próximo dia 1 de janeiro de 2019.”

Bem, conforme escreveu Erich Maria Remarque, “a oeste nada de novo”. O governo encetará conversações – leia-se reunirá única e formalmente – com os sindicatos e manterá tudo na mesma. Volta, em Conselho de Ministros, a aprovar um “novo” diploma, perfeitamente igual, e Marcelo Rebelo de Sousa não terá outra forma a não ser promulgá-lo.

Olhem para a minha cara de felicidade!!!

publicado por Hernani de J. Pereira às 19:55

Outubro 16 2017

São já conhecidas algumas linhas em que se estrutura o Orçamento de Estado para 2018. E, no que concerne aos docentes, o saber de tal dá mais para chorar que para rir, apesar do BE tentar branquear aquele com a promessa de nova vinculação extraordinária.

O descongelamento da carreira docente, com a perda de 10 anos – um quarto da vida profissional -, é um rude golpe nas legítimas aspirações dos professores. Aliás, a grande parte destes, com o olvidar daqueles anos, jamais conseguirá alcançar o último escalão.

Então não acabou a austeridade? Não é este um governo de esquerda, amigo dos trabalhadores e que iria reverter todas e quaisquer medidas impostas pelo mau governo de Passos Coelho? Não estamos em pleno e pujante crescimento económico?

Já agora, onde está a Fenprof? Pediu uma reunião urgente ao ME e este respondeu que, sobre esta matéria, nada tinha a discutir e que a posição daquela só servia para criar ruído. Com o rabo entre as pernas, o grande líder, Mário de seu nome próprio, apenas piou baixinho. Aliás, não foi este que afirmou: "agora sim, tinhamos um ME que olhava para os problemas dos docentes com uma visão de esquerda e que, mensalmente, iriam reunir para o avaliar"? Que classificação lhe dá?

Como dizia o outro dia Jerónimo de Sousa, "o grande problema dos nossos dias é que tudo o que dizemos fica gravado". Ao vivo e a cores, acrescento eu.

publicado por Hernani de J. Pereira às 11:57

Análise do quotidiano com a máxima verticalidade e independência possível.
hernani.pereira@sapo.pt
Julho 2024
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


arquivos

Julho 2024

Junho 2024

Maio 2024

Abril 2024

Março 2024

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Julho 2023

Junho 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Julho 2022

Junho 2022

Maio 2022

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

pesquisar
 
blogs SAPO