O meu ponto de vista

Julho 19 2020

Com toda a franqueza dir-vos-ei que não tenho tido muita vontade para escrevinhar o que quer que seja neste ou noutros locais. Não por falta de temas ou por me doer a pena, mas simplesmente por outras ocupações me atraírem com maior acutilância. Conforme dizia a minha falecida mãe, semear não custa, a trabalheira é tratar e depois colher. E, em verdade, esta vaga de calor não me tem dado descanso. A água escasseia e a terra anseia diariamente por ela.

Todavia, os últimos dias têm-se revelado tão pródigos em notícias, as quais para o interesse comum são de somenos importância, mas que neste país são notícia de primeira página em tudo o que é órgão de comunicação social. E não resisti. Eis, então, a minha prosa para incómodo de todos vós.

A maioria das empresas detentoras de jornais, rádios e televisões receberam recentemente, a propósito da pandemia que nos assola, chorudos benefícios na ordem dos milhões de euros com vista a fazerem face à natural quebra de vendas e, sobretudo, à baixa de publicidade. Até aqui, com uma ou outra ressalva, direi que estava tudo bem. Porém, tudo se altera quando as empresas, como é caso da TVI, com recurso àquelas mercês, pagas com os nossos impostos, como é óbvio, se arvora no direito de recontratar Cristina Ferreira, a nova dona (e diva) disto tudo, por milhões de euros anuais. É uma vergonha!

Por outro lado, Luís Filipe Vieira, presidente do SL e Benfica, acusado e reacusado por imensos crimes fiscais e branqueamento de capitais, tal como a SAD deste clube, resolve em tempos de crise – recordo que o futebol continua a jogar-se sem assistência nos respectivos estádios e consequente inexistência das respectivas receitas -, recontratar Jorge de Jesus por três milhões de euros/ano líquidos (!!!), a que acresce toda a sua equipa técnica, perfazendo no mínimo sete milhões e meio de euros brutos/ano. Alguém tem dúvida que se trata de mais uma vergonha?

publicado por Hernani de J. Pereira às 20:32

Agosto 24 2019

transferir.jpg

Tal como disse Sérgio Conceição, no final do jogo de hoje na Luz, "ontem não fomos os piores e hoje não somos os melhores", mas que jogámos bem isso é verdade.

Honra e glória aos vencedores.

publicado por Hernani de J. Pereira às 22:15

Outubro 04 2018

PHOTO-2018-09-08-15-33-58.jpg

A desfaçatez no mundo da política e do futebol é algo instituído e que já faz parte do ADN dos meandros daqueles. Pouco nos espanta e raramente nos indignamos com as mais vis e torpes práticas provenientes daqueles campos. Todavia, por muito que sintamos continuamente amargos de boca, não deixamos de gostar de política e futebol. Falo por mim, mas estou certo que muitos outros pensam de igual modo.

Se em tempos o FC do Porto alegadamente gozou de algumas regalias e privilégios, algo que em sede própria - leia-se tribunais - nunca se chegou a provar, isso não é motivo para que outros façam ainda pior.

Os processos judiciais – sim, são muitos – em que o Benfica está enterrado até ao pescoço demonstra que nada se aprendeu nas últimas décadas. Bem pelo contrário. Se fizeste mal, então ainda posso fazer pior, é a lógica que comanda os destinos do clube da Luz.

A SAD do Benfica tem a desdita de afirmar que, no caso e-Toupeira, desconhecia todos os actos promovidos por Paulo Gonçalves, assessor jurídico e braço direito de Luís Filipe Vieira, presidente daquela. Ora, alguém acredita que este advogado tenha feito o que fez sem dar conhecimento ao seu chefe directo? Será que nos querem fazer crer que este actuava em roda livre? Que mintam é mau, mas quererem-nos tomar por parvos ou acéfalos é que já é demais!

publicado por Hernani de J. Pereira às 11:14

Junho 27 2018

transferir.jpg

Quando se luta contra tudo e contra todos, por norma, não é bom sinal. Os meios materiais e humanos são parcos e bem mais escasso é o tempo. Como tudo na vida - e a natureza que há muito estudamos a isso nos ensina - é necessário ratear, fazer escolhas. Caso contrário, pretendendo atingir todos e mais alguns, do mais pequeno ao maior, acabamos, no final, por a “montanha parir um rato”.

Mais uma vez a PGR investiu hoje contra o inesperado. Os dois maiores partidos, PSD e PS, receberam a visita dos inspectores da PJ, comandados por magistrados do MP, tal como ontem o Benfica foi “bafejado” com tal sorte, isto para não falar de outros clubes. Ah, a autarquia da capital também não escapou.

De modo algum estou contra tais investigações. Receio, porém, que com tanta dispersão de meios, o peixe graúdo acabe por escapar e, no final, a culpa recaia sobre a empregada de limpeza ou sobre o electricista, por muita consideração que tenha por estas profissões.

Por outro lado, esta legislação que obriga a investigar toda e qualquer denúncia, seja anónima ou não, tem o seu quê de perverso. Sim, bem sei, que se não fosse o anonimato muito do que hoje se sabe jamais surgiria à luz do dia. Porém, o reverso da medalha está que a coberto do anonimato se coloca, muitas vezes, pelas ruas da amargura gente honrada, bem como se coloca na lama ou abaixo dela instituições mui dignas – principalmente quem as dirige – só porque alguém ressabiado - sabe-se lá porquê – decide, após uma noite de insónia, escrever cobras e lagartos, muitas vezes apenas fruto de um delírio.

 

publicado por Hernani de J. Pereira às 16:56

Março 21 2018

transferir.jpg

Mário Centeno pediu, por várias vezes, bilhetes ao Benfica, clube que tem um vastíssimo contencioso com as finanças, para assistir, de camarote, aos jogos deste. Argumenta que face à figura que é, com os riscos de segurança inerentes a tal função, não pode ir para o meio do people. Lá saberá porque é que o comum dos mortais o tem em tão má estima. Por exemplo, o Marcelo Rebelo de Sousa não teria problema algum. Até adoraria e seria adorado.

Soube-se agora que António Costa também solicitou bilhetes para o Estádio da Luz. Só que foi para os filhos. E ninguém se revolta com esta promiscuidade? Há direito de usar um cargo para favorecimento da família?

O que diriam se fosse o Passos Coelho?

publicado por Hernani de J. Pereira às 21:36

Março 07 2018

Como indaga incessantemente uma pessoa amiga: “como é que um país tão pequeno tem tantos corruptos, para não dizer ladrões?” Pois é! Já não bastavam ministros, primeiros-ministros, banqueiros, empresários e quejandos? A que propósito de um jogo que se desenrola dentro das quatro linhas e nestas se deve ver quem é o melhor ou pior também deve ser objecto de corrupção? Será que nada, mas absolutamente nada, em redor da nossa vivência diária não pode existir sem ser conspurcada?

Foi, em tempos, o celebérrimo caso do Apito Dourado, o qual a justiça não conseguiu provar o que quer que fosse. Agora, após dezenas e dezenas de outros casos menores, surge o assunto emails e presentemente as circunstâncias que envolvem Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Benfica, braço direito de Luís Filipe Vieira. Recorde-se que aquele, está no Campus de Justiça para ser ouvido previsivelmente ainda esta quarta-feira, depois de ter sido detido ontem. A detenção de Paulo Gonçalves está relacionada com a passagem de informação sigilosa para o Benfica por funcionários de vários organismos da justiça.

Valha-nos isto: hoje, a justiça, pode ser tardia, mas surge inesperadamente e, mais ainda, corta a direito. Mais uma vez, por nunca ser demais, uma palavra de apoio a Joana Marques Vidal, Procuradora Geral da República. Fala pouco mas age eficazmente.

publicado por Hernani de J. Pereira às 21:51

Janeiro 30 2018

Como se costuma dizer desde o tempo dos romanos “à mulher de César não basta ser séria, é necessário parecê-lo”. Tenho Mário Centeno, ministro das Finanças, como homem sério. Porém, correu um enormíssimo risco ao solicitar dois bilhetes VIP para assistir, no Estádio da Luz, ao Benfica-Porto. Pode invocar todos os argumentos e mais alguns, o que é certo é que tal gesto não lhe assentou bem e foi malvisto pela maioria dos portugueses, tanto mais que este clube tem largo e vastíssimo historial de contencioso com o fisco, cuja máquina é dirigida por aquele governante. E como não existem almoços grátis ...

É evidente que, quando dias depois uma das empresas de um filho do presidente do Benfica se safou de um grande imbróglio fiscal, não admira que as pessoas somem dois mais dois e olhem para o resultado.

Mais grave ainda é uma parte substancial dos boys do PS, como seja, por exemplo, o deputado Porfírio Silva, vir a terreno defender “que se houver investigação a Mário Centeno, a procuradora-geral da República deve demitir-se”. É o completo delírio e a prova provada da inexistência de limites de bom sendo e, sobretudo, a negação da separação dos poderes consagrados na Constituição, por parte das estruturas do Largo do Rato.

publicado por Hernani de J. Pereira às 10:01

Setembro 28 2017

Os adeptos do F C Porto anteontem 

images 1.jpg

Os adeptos do Sporting e do Benfica ontem

images 2.jpg

Os adeptos destes últimos, no dia de hoje, ao saberem que, para além da derrota que sofreram, a EUFA lhes instaurou processos disciplinares 

images 3.jpg

 

publicado por Hernani de J. Pereira às 20:00

Junho 16 2017

Vivemos, sem que se vislumbre algo que justifique tal, tempos conturbados. O Benfica acossado pelos emails, os quais não nega a sua existência, dispara em todas as direcções. Acusa o FCP e o Sporting, usando o já muito estafado estilo: a melhor defesa é o ataque. Ao primeiro, afirma querer a reabertura do “Apito Dourado”, quando sabe que o mesmo já foi julgado e nada se provou. Quanto ao segundo, quere-o levar a tribunal por falsas declarações. O pedido da aplicação da lei da rolha no seu melhor lugar.

Por outro lado, a hipotética mudança da Agência Europeia do Medicamento de Inglaterra para Portugal, mais concretamente para Lisboa, está a incendiar o clima político, sobretudo a nível do PS. A este propósito, um seu eurodeputado, Manuel Santos, chamou cigana a uma deputada socialista eleita pelo círculo do Porto. Vai daí António Costa não faz as coisas por menos, i.e., quer a expulsão imediata daquele acrescentando que o seu actual percurso envergonha o PS.

Desconfio que esta onda de calor anda a dar cabo da mioleira a muita gente.

publicado por Hernani de J. Pereira às 21:07

Maio 17 2017

Sagrámo-nos, em 2016, campeões europeus.

O défice, relativo ao ano transacto, fixou-se nos 2%, permitindo, deste modo, sonharmos com a saída do procedimento por défice excessivo, um “garrote” imposto pela CE.

Na sexta-feira e sábado p.p. tivemos a visita do Papa Francisco, o qual foi recebido em apoteose, obrigando o primeiro-ministro a assistir, juntamente com o seu séquito governamental, às cerimónias religiosas em Fátima, apesar de todos percebermos que nada entendiam do que se estava a passar.

Logo a seguir, Salvador Sobral conseguiu um efeito inédito, perseguido por Portugal há mais de cinquenta anos, i.e., venceu o Festival da Eurovisão. Abro um parêntesis, uma vez achar muita graça aos encómios por todos proclamados, incluindo imensa gente ilustre da nossa praça, quando a esmagadora maioria deles, há muitos anos não ligava pevide àquele certame ou, quanto muito, dizia o que Maomé não disse do toucinho. Abranjo neste rol o chefe do governo e ministros, como foi o caso do artigo apologético de Augusto Santos Silva no Público de hoje.

Continuando neste fim-de-semana, o Benfica conseguiu o tetra. Sem querer diminuir a vitória deste, para mim, enquanto 5 for maior que 4, aquele ainda não conseguiu alcandorar-se aos feitos do F C Porto.

Soube-se, anteontem, que o INE concluiu que o crescimento económico, no primeiro trimestre deste ano, atingiu os 2,8%, algo que não se verificava há dez anos.

Informação final: tudo isto graças a António Costa. Que me desculpem os mais puritanos, mas até parece que é Deus nos Céus e este na Terra, perdão, em Portugal.

publicado por Hernani de J. Pereira às 21:41

Análise do quotidiano com a máxima verticalidade e independência possível.
hernani.pereira@sapo.pt
Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO