O meu ponto de vista

Dezembro 28 2022

transferir.jpg   transferir (1).jpg

A TAP, empresa pública em dificuldades económicas e onde todos nós investimos já 3,4 mil milhões de euros na sua recuperação (!!!), rescindiu ou foi Alexandra Reis que se despediu? Numa primeira fase foi esta a hipótese que foi comunicada à CVMM. Agora a transportadora aérea vem dizer o contrário. Em que ficamos?

O certo é que pagou 500 000 euros de indeminização, quantia que será acrescida de mais 225 mil euros, uma vez que a empresa pública está obrigada a pagar tributação autónoma, em sede de IRC, sobre aquela compensação.

Entretanto, passados quatro meses foi para a NAV, empresa pública igualmente debaixo da alçada do Ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos. Uma mão lava a outra e ambas …

Dois meses depois é convidada para Secretária de Estado do Orçamento.

Agora, após o rebentamento do escândalo, o qual tem uma enormíssima falta de pudor e uma ausência completa de ética, já que do ponto de vista legal o assunto é inatacável, o governo, através do Ministro das Finanças, Fernando Medina, demitiu a sua Secretária de Estado.

Finalmente, há a adiantar que como foi demitida deste último c argo tem direito a nova indeminização. Paga Zé …

Todos estes imbróglios denotam uma prática de abuso e descomedimento dos dinheiros públicos por parte dos socialistas. Fazem sempre lembrar-me aquela velha frase: não me deem dinheiro, coloquem-me apenas onde o há.                               

 

publicado por Hernani de J. Pereira às 18:41

Dezembro 26 2022

O antes

20221110_115059.jpg

O agora

20221224_161254.jpg

publicado por Hernani de J. Pereira às 20:17

Dezembro 25 2022

Alegrem-se o céu e a terra
Cantemos com alegria
Já nasceu o deus menino
Filho da virgem Maria

 

Entrai, pastores, entrai
Por este portal sagrado.
Vinde adorar o menino
Numas palhinhas deitado.

20221225_113317.jpgBOAS FESTAS

publicado por Hernani de J. Pereira às 12:07

Dezembro 15 2022

mãos-usando-uma-serra-de-cadeia-e-cortando-madeir

Foram meses e meses a pedir chuva. Tanto rogámos que S. Pedro se cansou e toca a chover. E se chove! Praticamente, de há dois meses para cá que não pára de cair água do céu. Ainda por cima não é uma chuva qualquer. É abundante e persistente. Que os solos, rios e albufeiras estavam sequiosos de água é uma enorme verdade, mas sinceramente agora agradecíamos algumas tréguas.

Hoje, não podendo ir para terras e/ou vinhas, decidi cortar alguma lenha que, num pequeníssimo intervalo, outro dia coloquei debaixo de telha. A intenção era boa, uma vez estar cansado de estar por casa. Como nos ditos anexos possuo corrente eléctrica toca de tentar cortar com o moto-serra eléctrico. É mais rápido e, sobretudo, mais económico. Tentar, tentei. Todavia, a corrente de corte estava sempre a soltar-se. Desmontei e montei várias vezes e o resultado era sempre o mesmo.

Desisti. Assim não podia continuar. Se o pensei, melhor o fiz. Toca de ir buscar o moto-serra mecânico. E não é que também com este havia enguiço! Puxei e tornei a puxar e … nada. Não pegou e fiquei sem saber qual a anomalia. Igualmente aqui montei e desmontei. Limpei vela e filtro, mas o desfecho foi zero.

Já telefonei e combinei a verificação, na oficina, das duas máquinas para a próxima segunda-feira.

Tão chateado estava que fechei tudo e vim para casa.

Conclusão: há dias em que por muito que se queira trabalhar os deuses não o permitem.

publicado por Hernani de J. Pereira às 20:00

Dezembro 13 2022

318367392_10229882209098855_6488833830558333385_n.

O Ministério da Educação recentemente divulgou os resultados das provas de aferição realizadas no final do ano lectivo transacto. E, pasme-se, apesar destas provas se realizarem após dois anos em que os alunos, pelo menos durante algum tempo, estiveram em casa, i.e., tiveram ensino à distância, a performance académica destes aumentou. É caso para repetir “só contaram para você”!

Ora, das duas uma, ou melhor, das duas, duas: ou as provas foram extraordinariamente fáceis e/ou os critérios de correcção eram tão latos que a ordem deveria ter sido para aproveitar tudo e mais alguma coisa.

É evidente que houve também uma imperiosidade em transmitir uma leitura política da situação. A primeira prende-se com o facto de não ter sido fundamental a ausência, durante praticamente o ano inteiro, de docentes nas escolas; a outra pretende dar a entender que os professores e os alunos estarem na escola – no sentido físico – é despiciendo.

Já gora, com resultados tão bons, o porquê de se ter dado ordem às escolas para organizarem estratégias de recuperação de matérias dadas nestes dois anos em durou a pandemia?

publicado por Hernani de J. Pereira às 19:49

Dezembro 10 2022

transferir.jpg

Como não se via há séculos, Marrocos acabou por conquistar a Ibéria. Depois de eliminar a Espanha, hoje calhou a vez a Portugal.

Faltou garra, ambição, discernimento e, sobretudo, uso constante de estratégia errada. Não estou a dizer que a equipa das quinas entrou em campo deslumbrada após a vitória com a Suíça. Bem pelo contrário. Começou com pouco brilho, tacticamente em defensiva e principalmente sem aquela garra que todos ambicionávamos. Somente na segunda parte, após estar a perder por 1-0, se viu algum esforço e uma nítida melhoria na atitude dos jogadores em tentar vencer o jogo.

O desfecho do jogo nada teve a ver com a não entrada, desde o primeiro minuto, de Cristiano Ronaldo. Hoje, independentemente de quem estava em campo, tudo tinha para um desfecho infeliz. Estratégia errada – repito -, jogadores sem técnica individual e muito menos colectiva, árbitro tendencioso, ausência da estrelinha da sorte, entre tantos outros factos justificativos? Não sei. Talvez sim ou não. Sou apenas um adepto e um mero treinador de bancada.

De uma coisa eu sei. Isto não pode continuar assim. Vamos à fase final já com o coração nas mãos – lembram-se da fase de apuramento? - e quando aqui chegados ficamos sempre a meio.

publicado por Hernani de J. Pereira às 20:23

Dezembro 09 2022

gettyimages-107253937-612x612.jpg

A Assembleia da República aprovou hoje a lei da morte medicamente assistida, vulgarmente designada por eutanásia. Desde já, e para esclarecimento de todos, declaro que sou completamente contra os fundamentos desta lei, a qual até pode nunca ver a luz do dia, bastando para isso que o Presidente da República a envie para o Tribunal Constitucional e este declare a sua inconstitucionalidade.

E sou contra por ser cristão, mais concretamente católico convicto e praticante, e, nesta ordem de ideias, ter a certeza absoluta que apenas Deus é o Senhor da vida. Por sua vontade nascemos – o extraordinário milagre de vida - e somente quando entender morreremos. Há uma excepção: o suicídio. No entanto, como todos sabemos, a Igreja é a primeira a criticar tal acto.

O que me espanta é que sendo a sociedade portuguesa, em termos religiosos, majoritariamente católica, eleja uma maioria de deputados que representam e defendem ideias contrárias aos princípios orientadores da Igreja Católica.

Já agora, o país não tem problemas muito mais urgentes e graves para onde os deputados devam dar a sua atenção?

publicado por Hernani de J. Pereira às 20:31

Dezembro 06 2022

images.jpg

Adorei a entrega, abnegação e sentido de humildade dos jogadores portugueses no confronto com a Suíça. Marcar seis golos a esta selecção não é para qualquer um. Bem, o golo sofrido foi uma pequena desatenção que, de modo algum, deslustra o enorme mérito dos nossos jogadores. Então, a exibição de Gonçalo Ramos encheu-me o ego.

E gostei mais pelo facto de termos, sem margem para dúvidas, constatado que não necessitamos de Cristiano Ronaldo para vencermos qualquer outra equipa. Aliás, actualmente o CR7 é mais fama que proveito, tal como hoje ficou provado.

publicado por Hernani de J. Pereira às 20:52

Dezembro 05 2022

transferir.jpg

Faz hoje oito dias que fui tomar a quarta dose da vacina anti-Covid. Desta vez calhou-me na rifa uma dose da Moderna ao contrário das anteriores que eram da Pfizer.

Bem, até aqui nada de anormal. Anómalo foi o estado em que fiquei. As reacções foram de tal modo que, passada uma semana, ainda sinto o corpo todo dorido, como tivesse levado um enxerto de porrada, ou atropelado por um camião. E a tosse? Essa, então, teima em não acabar, pois continuo com uma expiração brusca e cavernosa que não me deixa dormir. De cada vez que tusso literalmente “salta-me a tampa”. Só xaropes foram duas garrafadas. Comprimidos? Foram para as dores de cabeça e contra as dores musculares. Tudo isto para culminar com hoje o meu médico a receitar-me um antibiótico e um vaporizador de pó para inalar.

Estou muito cansado. Só à farmácia fui três vezes. Não acredito em bruxas, mas como se costuma dizer que as há, há.

publicado por Hernani de J. Pereira às 20:51

Dezembro 02 2022

image.jpg

Hoje jogámos mal. Ponto final parágrafo. Contra uma selecção, quando muito considerada da segunda liga, fomos displicentes, colocámo-nos em bicos de pés, actuamos quais primas-donas e, sobretudo, pensávamos que o jogo de hoje era como limpar o c… a meninos. Resultado: perdemos e perdemos bem.

Mas para além da tristeza que foi o aludido resultado, as palavras que o menino sempre ao colo, de sua graça Cristiano Ronaldo, proferiu aquando da sua substituição deixa-nos a todos envergonhados. Se fosse outro jogador a dizer o que aquele disse e não voltaria a jogar, pelo menos neste mundial. Mas como a “Constituição” afirma que o CR7 é indispensável …

publicado por Hernani de J. Pereira às 21:28

Análise do quotidiano com a máxima verticalidade e independência possível.
hernani.pereira@sapo.pt
Dezembro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

27
29
30
31


arquivos

Junho 2024

Maio 2024

Abril 2024

Março 2024

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Julho 2023

Junho 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Julho 2022

Junho 2022

Maio 2022

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO