O meu ponto de vista

Janeiro 30 2014

Passados que são quatro meses após as últimas eleições autárquicas, sem que se vislumbrem cabais esclarecimentos sobre a hecatombe, então, registada, estando consciente da conjuntura que se vive no concelho de Anadia e, sobretudo, na estrutura partidária do PSD, é chegado o momento de escrever algo sobre o que se tem, ou melhor, não se tem verificado. Refiro-me, concretamente, à ausência de análise séria e, fundamentalmente, do “enterrar a cabeça na areia” como fazem as avestruzes.

Escrevi, na altura própria, que a estratégia era errada e, consequentemente, não daria os melhores frutos. À semelhança de outros companheiros, não fui ouvido e, pior ainda, postergado, para não dizer vilipendiado. Todavia, os resultados vieram, infelizmente, dar-nos razão.

Posteriormente, face a tão grande desaire, avancei que havia um único caminho: imediata colocação dos cargos partidários à disposição dos militantes. Novamente, até pareceu que tinha “caído o Carmo e a Trindade”, uma vez que, principalmente nas redes sociais, foi dito de mim o que os muçulmanos não dizem do toucinho. Como se vê, tudo gente que convive bem com a crítica!

Explicações que sejam do conhecimento público não existem. Ilações de tão graves erros não se conhecem, bem pelo contrário. Apesar das parcas palavras que se conhecem sobre o assunto, continuam a argumentar que sempre tiveram razão, que tinham as melhores propostas e, acima de tudo, os melhores candidatos, só que o povo estúpido – é claro, digo eu - não vislumbrou a grandeza de tais propósitos e das magníficas almas que os encarnavam.

Com o acordo estuporado entre o MIAP e o PS, os sociais-democratas de Anadia ficaram reduzidos a figuras de corpo presente, uma vez que, como é fácil de compreender, os seus três vereadores, bem como os seus deputados na assembleia municipal, ficaram sem peso, por muito que digam o que disserem, podendo até colocar-se em bicos dos pés que daí não virá nada.

Chegados aqui, e apesar de continuarem a ocupar os cargos, com o argumento já muito estafado de que foram eleitos para tais, como se a demissão fosse algo desonroso, ei-los à espera de uma saída airosa: as próximas eleições partidárias estão à porta e, por isso, deixa esperar pelas mesmas. Nada de fazer ondas, já que entre portas resolveremos, mais mês menos mês, o assunto.

Bem, assim parece que vai suceder. O ainda presidente da comissão política concelhia, acha por bem não se recandidatar nas próximas eleições internas e dá ordens para que o seu “delfim” avance. É, assim, que surge o actual presidente da JSD a querer, qual passe de mágica, passar a sénior. Como é evidente, poucos ficarão enganados com mais este truque, apesar de não ter a menor dúvida da sua eleição. Os militantes votantes – não confundir com a maioria – estão devidamente controlados, para não dizer arrebanhados, e lá irão cumprir mais este frete.

Para concluir, apenas uma palavra para a carta que o candidato a presidente da comissão política concelhia escreve aos militantes, na qual expõe os motivos da formalização da sua pretensão. Para além de não falar, e bem, da sua experiência profissional, já que a mesma é inexistente, da vacuidade, dos imensos lugares comuns, realidade que não me admira, o que não posso deixar de referir é a má redacção da mesma. Será que, com tanta gente ilustre e sábia, não haverá alguém que lhe dê uma “mãozinha”? Nem que seja por espírito solidário!

 

Banhos, 2014.01.20

 

Adenda: artigo publicado na edição de hoje do Jornal da Bairrada

publicado por Hernani de J. Pereira às 18:43

Análise do quotidiano com a máxima verticalidade e independência possível.
hernani.pereira@sapo.pt
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
17
18

19
21
22
24
25

26
31


arquivos

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO