O meu ponto de vista

Maio 29 2008
Como todos sabemos Portugal é o país do mundo que tem mais e melhores leis em muitos e variados domínios. Também não admira, pois é um país riquíssimo em legisladores. Estes, na sua maior parte, meramente teóricos, isto é, muito longe da realidade, vão produzindo legislação em catadupa sobre tudo e mais qualquer coisa.
É um dado adquirido que, todos os dias, o Diário da República publica novas e sábias leis, com ininterruptas alterações e/ou rectificações.
E todos podem avaliar a confusão que é manter actualizada toda esta inflação legislativa, as montanhas de várias e sucessivas alterações/rectificações para, depois, na prática não serem cumpridas por ninguém, inclusive por quem as aprova, ratifica e faz publicar.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 18:44

Maio 27 2008
Somos a última geração que obedeceu aos pais e a primeira a obedecer aos filhos.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 22:39

Maio 26 2008
Ontem pude dizer, parafraseando alguém, que também há vida para além de um blog.
Vem isto a propósito porque ontem fiz algo que nunca pensei fazer. Foi das coisas que mais me custou na vida.
Porém, como sou dos que acreditam que o sacrifício vale a pena e que somos recompensados pelo sofrimento, penso ter feito o mais correcto.
Só peço a Deus que valha a pena.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 22:58

Maio 25 2008
Sem receios ou tabus há que discutir e com carácter urgente a questão da energia nuclear.
Se já antes abominava que este assunto fosse intocável, isto é, alguém decidisse não avançar por esta via sem haver a mínima discussão pública, hoje-em-dia, com a escalada em flecha dos preços do petróleo, este deverá ser um tema a discutir de forma imediata.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 22:11

Maio 19 2008
Pois é! Por vezes penso que este país é ingovernável. E vem-me à memória a célebre frase dos romanos que diziam dos nossos antepassados e que se aplica, hoje em dia, de um modo perfeitamente adequado “não se governam nem se deixam governar”.
Vem esta introdução a propósito da intenção dos municípios de implantarem uma nova taxa, designada de prestação de serviços, para contraporem à taxa de contadores da água, a qual foi abolida por decisão governamental.
Em suma, uns a fazer e outros a desfazer. Ficar sem o nossos dinheiro é que nunca.
Ah, grande país que tão ditosos filhos tens! Assim, vais longe …

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 21:40

Maio 18 2008
Quantas vezes já não ouvimos dizer que começamos a ter dificuldades e deixamos de ter tempo para acudir a tudo o que é necessário para garantir o bom funcionamento da nossa vida pessoal e profissional? É esta gestão inadequada, a qual não nos permite acompanhar a carreira em função das suas necessidades, que leva à perda de tranquilidade ou, como se costuma dizer, a entrarmos em stress.
Isto reflecte-se não só na perda de credibilidade em termos de emprego – que coloca em causa a sobrevivência da carreira – mas também na fraca rentabilização dos recursos técnicos e humanos em termos de eficácia e eficiência operacional.
Sendo certo que tendemos a sentir alguma dificuldade em controlar os custos e identificar as perdas de rentabilidade, precisamos de nos organizarmos em termos de filosofia de gestão global, sabendo que os objectivos a alcançar na carreira – pessoal e profissional – terão sempre de passar por aumentar os benefícios e diminuir os custos.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 23:51

Maio 14 2008
Afinal Alberto João Jardim não se vai candidatar à presidência do PSD, preferindo apoiar Santana Lopes.
O que me leva a não me surpreender com esta posição? Será que estão bem um para o outro? Não tenho a menor dúvida que sim.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 22:21

Maio 13 2008
Somente em Portugal pode acontecer o caso de uma pessoa cumpridora dos seus deveres, que procura desempenhar o melhor que sabe e pode as suas obrigações profissionais, ser duplamente castigada.
A explicação para tal é simples. Vejamos ...
Primeiramente é supliciado por trabalhar sem lhe ser reconhecido qualquer mérito.
Em segundo, é martirizado por ao executar o mais cabalmente possível as suas funções “obrigar” os que o rodeiam a ter procedimentos semelhantes, quando, no fundo, o que queriam era género “deixa andar”, ou seja, estilo “o último que feche a porta e, já agora, apague a luz”.
Francamente, quando nos vamos convencer que apenas com a observância plena do dever, com elevado profissionalismo e com dedicação empenhada podemos almejar a níveis de vida mais elevados?
A terminar pergunto: qual a razão que assiste aos negligentes para apresentarem argumentos, a maior parte das vezes estapafúrdios, para a sua conduta em vez de solicitarem desculpas?

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 22:42

Maio 05 2008
Sim, eu sei! São muitos os candidatos à presidência do PSD. Tentando não esquecer de nenhum, vejamos: Pedro Santana Lopes, Patinha Antão, Jorge Neto, Pedro Passos Coelho e Manuela Ferreira Leite. Isto se não aparecer o desavergonhado, para utilizar um termo bastante benévolo, do Alberto João Jardim.
Dos cinco putativos candidatos, apenas me merecem crédito os dois últimos, pelo que somente sobre estes me pronunciarei.
Assim, enquanto Pedro Passos Coelho tem a seu favor a juventude, um eventual bom trunfo contra José Sócrates, a não sujeição a lóbis e a não cristalização de maus hábitos políticos, tem em desabono a falta de experiência e de, certo modo, ter sido sempre um funcionário do partido e/ou da política.
Pelo seu lado, Manuela Ferreira Leite, apesar da sua idade, apresenta um currículo que ombreia, ou melhor, sobrepõe-se a qualquer outro. Acrescente-se o carisma e a força de vontade para dominar – sim, dominar, sem ter medo - o partido, para fazer dela a melhor candidata a primeira-ministra.
Eis, de um modo singelo, as razões do meu apoio a Manuela Ferreira Leite.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 01:00

Análise do quotidiano com a máxima verticalidade e independência possível.
hernani.pereira@sapo.pt
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
15
16
17

20
21
22
23
24

28
30
31


arquivos

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO