O meu ponto de vista

Outubro 30 2007
O regime de faltas preconizado no novo estatuto do aluno do ensino não superior, presentemente em discussão na AR e que, com a toda a certeza, irá ser aprovado unicamente com os votos do Partido Socialista, é o maior atentado preconizado contra a autoridade dos professores e das escolas. Jamais foi visto tanto despudor.

A ser homologado pelo Presidente da República -espero e faço votos para que não; vade retro Satanás! - bem podem os docentes castigar o discente mal comportado com a expulsão da sala de aula, que a falta, entretanto, marcada não conta para nada. E aquele ainda dirá: «olhe para a minha ralação! Manda-me para a "rua",mas não se esqueça que não me pode chumbar por faltas e, no final, terá de elaborar uma prova especialmente para mim! Ah! Ah! Ah!»

Bem se pode esforçar a Ministra da Educação ao afirmar que é precisamente o contrário. Quem, como nós, está diariamente no terreno, sabe que aquilo que se tem afirmado sobre tal diploma é pura verdade, ou seja, é mais uma machadada na credibilização dos professores.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 19:46

Outubro 29 2007
Nas duas últimas semanas discutiu-se o caso de empréstimo de 12 milhões de euros, por parte do BCP, ao filho do respectivo presidente, engº Jardim Gonçalves. Empréstimo que, mais tarde, foi declarado incobrável. Recentemente foi o pai a pagar, do seu bolso, o empréstimo contraído pelo próprio filho.

Gritaram todos. Que eram ilegal e moralmente reprovável.

Apelou-se para que o Banco de Portugal (BP) investigasse o caso. E, claro, este não se fez rogado e entrou no jogo. Porém, sem resultados, como, aliás, convém!

E como poderia o BP investigar o que quer que fosse, quando, hoje, se sabe que também tem emprestado dinheiro aos próprios administradores em condições muito vantajosas? Estes argumentam que não são uma instituição financeira e, por isso, a lei que proíbe tais empréstimos não lhes é aplicada.

Até pode ser verdade. No entanto, todos sabemos que antes da lei está a moral e a ética. Como podem exigir aos outros, aquilo que não aplicam a si próprios?

Pouca vergonha!


Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 20:18

Outubro 27 2007
Juntamente com três funcionários da Escola EB 2,3 de Pampilhosa, hoje, durante todo dia, construíram-se uma série de muros como forma de resguardo dos vários espaços ajardinados nesta escola, com vista ao seu embelezamento.

Bem se lançou o repto para que mais pessoas – docentes e não docentes – comparecessem. Nada feito. Salve-se a presença oportuna de dois amigos que nos levaram algo de comer, demonstrando, desta forma, a sua solidariedade. Realce-se também a compreensão de alguns encarregados de educação que nos manifestaram a sua amizade para com a presente iniciativa.

Lamenta-se, porém, que além de não aparecerem, colegas houve que afirmaram:
- “Tu fazes isso tudo porque o Ministério deve pagar-te mais que a nós. É que já tínhamos conhecimento de que vinhas trabalhar para a escola as domingos, mas agora também vens ao sábado!"

Perante uma atitude destas apenas acrescentei:
- “Sim, paga-me muito mais e melhor que isso. Vai dar-me uma medalha e erguer-me uma estátua.”

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 21:44

Outubro 19 2007
Apesar de não vislumbramos, de momento, quais os benefícios de tal acordo, devemos, de qualquer modo, dar os parabéns a José Sócrates, quanto mais não seja pela sua denominação: Lisboa.

Porém, com mais este louro, o qual não é dispiciendo, será cada vez mais difícl desalojar o nosso primeiro-minstro. Vamos ter José Socrates, pelo menos, por mais seis anos.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 21:43

Outubro 14 2007
Acabou de aparecer na minha caixa de correio a revista da CM de Anadia, rerente ao 1º semestre deste ano.

São dezenas e dezenas de páginas em excelente papel, bastante ilustrada, essencialmente com inúmeras fotos onde aparece, inapelavelmente, o presidente da autarquia, prof. Litério Marques, a inaugurar isto, a presidir àquilo, etc., etc.

Num tempo de vacas magras, em que toda a gente se queixa da inexistência de fundos financeiros, é de bradar aos Céus o gasto de tanto dinheiro em algo que serve apenas de auto-elogio. E já lá diz o nosso bom povo: presunção e água benta ...

Já agora, desta tribuna lanço um desafio: quanto custa tal publicação?

Bem sei que existem muitos outros municípios, dos mais diversos quadrantes políticos, que procedem de igual forma. Porém, deixem-me exercer o meu direito à indignação e dizer bem alto:

ASSIM NÃO.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 21:33

Outubro 06 2007
Concluí, hoje, as vindimas de 2007. A casta baga, predominante, como é sabido, na Bairrada, encontrava-se, na sua maioria, madura. Porém, a chuva que caíu no início desta semana roubou-lhe, no mínimo 1 a 1,5 grau, o que trará uma menor qualidade final.

De qualquer modo, o ano vinícola, que agora termina, saldou-se por algum proveito.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 22:23

Análise do quotidiano com a máxima verticalidade e independência possível.
hernani.pereira@sapo.pt
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26

28
31


arquivos

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO