O meu ponto de vista

Abril 29 2007
Hoje, mais uma vez, fui para a minha escola trabalhar.

Será correcto? tenho a certeza que sim, uma vez que, durante os dias úteis da semana, não consigo fazer tudo que há para despachar.

Isto de fazer uma gestão de "porta aberta" tem os seus inconvenientes. Permite, por exemplo, que qualquer pessoa a qualquer momento pode, por mim, ser atendido. Resultado: muitos assuntos ficam para depois das horas/dias normais de de serviço.

Existe alternativa? Claro que sim. Basta mudar a forma de liderar!

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 21:08

Abril 23 2007
Só agora, 2ª feira, pelas 21.30 horas, me é possível abeirar-me do computador para navegar na Net e escrever algo para todos vós que visitam este blog.
Foi, sem sombra para dúvidas, um fim-de-semana de trabalho árduo.
Depois de acompanhar uma visita de estudo a Lisboa, a qual durou 5ª e 6ª feira, onde o cansaço foi por demais evidente, eis que chegou o sábado, dia que deveria ter sido dedicado ao merecido descanso.
Mas qual quê? Havia que tratar as vinhas contra o míldio e o oídio, bem como as batatas. Assim, há que levantar pelas 8.00 horas para, atempadamente, preparar toda uma pafernália de equipamentos e instrumentos para tal fim. E lá andei quase todo o santo dia com o atomizador às costas.
Porém, o dia ainda não tinha acabado. Há muito que tinha apalavrado a matança da porca. Ora, para quem não sabe realmente da poda, imagina esta tarefa como um divertimento e uns momentos de perfeito relaxe. Puro engano. É necessário trabalhar arduamente e suar as estopinhas. Depois de devidamente morta e preparada, chega o momento do desmancho. É preciso força e saber para tal tarefa.
No dia seguinte, domingo, as ocupações não diminuiram. Bem pelo contrário. A carne não é colocada ao baldão na arca frigorífica. A paciência no separar da diferentes carnes é o segredo.
Da parte da tarde, os rojões e a banha levaram horas a fazer. Mas que ficaram de estalo, lá isso é verdade. Que o digam os amigos que, ao fim da tarde, tive o prazer de ter aqui em casa.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 21:36

Abril 15 2007
Para fazer uns simples anexos, onde possa guardar as alfaias agrícolas que normalmente se acoplam ao tractor, foram-me pedidos os seguintes materiais:
- 600 blocos de cimento;
- 40 verguinhas de 12 mm;
- 20 verguinhas de 8 mm;
- 1 palete de cimento;
- 4 m3 de areia branca;
- 4 m3 de areia amarela;
- 6 vigotas;
- Cobertura de lusalite;
- Diversos (pregos, madeiras, entulho, etc.).

Há que acrescentar o custo da mão-de-obra.

Assim, para fazer frente a tais custos aceitam-se donativos.

P.S. - Mais vale pedir que roubar


Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 22:30

Abril 08 2007
Alegrem-se os Céus e a Terra pois Cristo ressuscitou.

Aleluia, aleluia, aleluia.

Votos de Santa e Feliz Páscoa para todos.



Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 11:41

Abril 06 2007
Como escrevi em anterior post, esta coisa da licenciatura de José Sócrates(PM) continua a dar muito que falar. É por demais evidente que o PS está profundamente metido neste eventual imbróglio.

Veja-se, por exemplo, a nomeação do novo reitor da Universiade Independente(UnI). É ou não um dos boys de Armando Vara na CGD? Aliás, também este é licenciado por aquela instituição, onde teve aquele como professor!

E que dizer do professor de quatro cadeiras feitas pelo PM na UnI? É público que foi um alto quadro do governo guterrista, no qual Sócrates era secretário de estado.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 18:57

Abril 03 2007
Na ânsia que o Vaticano proceda a nova beatificação de uma portuguesa - nesta caso, a irmã Lúcia - proferem-se disparates dignos da maior antologia dos dislates.

Vejam esta pérola. O padre Luis Kondor, o rosto mais visível da beatificação dos videntes de Fátima, afirmou que "a irmã Lúcia é muito maior que a madre Teresa de Calcutá".

Ai se Jesus Cristo descesse novamente à terra! Muita gente seria corrida a pontapé ou à vassourada do templo ... e não só.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 15:52

Abril 01 2007
Quando qualquer um de nós se apresenta numa urgência de um hospital fá-lo de livre vontade, mesmo que argumente, com toda a sinceridade, que está gravemente doente, isto é, se não solicitar ninguém o vai buscar.

Assim, ainda que com alguma dificuldade, de certo modo, compreendo que, para feitos de moderação, se pague a respectiva taxa.

Agora, o que não aceito e muito menos consigo compreender é o pagamento de uma taxa de internamento, já que neste caso quem preconiza tal é o médico.

A partir de agora, vamos pedir a todos os santinhos e principalmente ao corpo clínico para não nos internar.

Em suma, deve ser um novo método de cura, ou seja, o doente saber que padece de algo e simultaneamente ter consciência que lhe estão a ir ao bolso.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 23:15

Abril 01 2007
Afinal José Sócrates concluiu a licenciatura em engenharia civil na Universidade Independente ou tudo não passou de uma trapaça?

Os portugueses têm direito à verdade. Por agora o caso apresenta-se muito nebuloso. Exige-se o cabal e total esclarecimento.

Hernâni de J. Pereira
publicado por Hernani de J. Pereira às 22:58

Análise do quotidiano com a máxima verticalidade e independência possível.
hernani.pereira@sapo.pt
Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

30


arquivos

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO